A liberdade é para os corajosos

Era uma viagem curta para a casa da minha mãe no interior e eu não fazia a menor ideia do que fazer com o meu gato. Gatos detestam movimento e frodo certamente ficaria agitado, no mínimo, tendo que permanecer pelo menos três horas inunterruptas em uma bolsa de transporte que mal lhe cabia o corpo.


Se permita viver um amor de verdade

Amar nos dias de hoje virou tarefa para os corajosos. Ou você coloca a cara no mundo para que o sentimento tenha uma chance verdadeira ou permanece dentro da zona de conforto, frequentando os mesmos lugares de sempre. A verdade é que as pessoas estão cansadas. Da balada vazia, do bar cada vez mais lotado, do burburinho nada interessante que ecoa das ruas te lembrando que sim, faz falta alguém para caminhar ao lado.


Quem tem amigos tem história

A vida é um corre-corre danado, a rotina faz tudo ficar igualmente pálido e quando a gente dá por conta, tá vivendo numa ilha. Cercado de responsabilidades, de listas, de afazeres para por em dia e completamente exaustos para gargalhar até a barriga doer.


Manifesto pelo direito de não visualizar sua mensagem

As redes sociais nos ganharam, serviços de mensagens transformaram carteiros em entregadores de documentos e contas que, definitivamente, não queremos receber. Acostumamos com a troca rápida e urgente de informação e exigimos de todos, esta mesma urgência. Seríamos nós, então, uma geração fadada a não ter direito ao silêncio? Somos obrigados, pela etiqueta moderna, a manter uma conversa sob a pressão de duas pequenas setas azuis?


Miga, seja louca

Existe um lugar especial no meu coração para as subversivas. Ali exatamente entre a Beyoncé e a Frances Wright. Esse coração que reconhece por aí as Simones de Beauvoir, as Beatrix Kiddo e a mina que toma fontana ali no Largo toda sexta, tem uma queda por quem é livre. E as loucas são livres. Miga, seja louca.


5 dicas para surpreender o seu amor na Black Friday

O dia mundial dos mega descontos chegou recheado de ofertas alucinantes. A oportunidade perfeita para surpreender, fazer algo criativo e diferente, fugir do lugar comum, e renovar todo o clima de romance do relacionamento com a melhor das vantagens: gastando bem pouco.


Precisamos falar sobre o banheiro

Sim, precisamos falar sobre o assunto. Porque dificilmente a polêmica banheiro é colocada em pauta quando se trata de relacionamentos. É preciso assumir, dividir um espaço tão sagrado com outra pessoa pode ser bastante complicado. Não é uma cama, um armário, ou a mesa da cozinha,


10 motivos para viajar com seu amor

Viajar é uma dessas coisas da vida que são maravilhosas por si só. Quando a companhia escolhida é a pessoa amada então, todo o roteiro ganha um estímulo especial.


Casais que viajam juntos são mais felizes

A melhor forma de um casal se conhecer de verdade, na íntegra, é viajando juntos. Quando a gente coloca os pés na estrada, diversas situações inusitadas testam a capacidade de resiliência e de resistência do nosso relacionamento, além de ser uma oportunidade incrível e inigualável de crescimento a dois.


Por mais amor no coração e menos na carteira

Amor é coisa de gente, não de bolso. Para quem cultiva o amor de verdade, aquele que abraça a essência e a alma do outro, vale muito mais um gesto carinhoso ou uma atitude companheira do que um presente caríssimo com prestações a perder de vista. Muita gente tenta justificar a escassez de cuidado


Os amores de qualidade estão fora da zona de conforto

Uma das maiores dádivas da modernidade, sem sombra de dúvidas, é a possibilidade de ampliar nossos círculos sociais, profissionais, e principalmente amorosos sem precisar sair pelo mundo desbravando todas as esquinas. Com apenas um “click” a gente pode conhecer pessoas simplesmente


Toda mulher quer se sentir bem consigo mesma.

Toda mulher quer se sentir bem consigo mesma. E o processo para isso é de dentro pra fora. Física e psicologicamente. Isso não quer dizer que todos os dias a gente acorda se sentindo a Mulher Maravilha. Pelo contrário. Tem dias e dias. O importante é saber que tudo isso… faz parte.


Um brinde ao amor cervejeiro

O amor cervejeiro é desses descolados. Não tem tempo ruim, falta de dinheiro, agenda apertada, ou franzido no rosto. Pelo contrário, é sempre um delicioso samba a dois. Em casa, no bar dos amigos, no buteco da faculdade, no aconchego do peito daquele que a gente chama de nosso.


5 festivais de música pelo Brasil para ir ainda em 2015 com seu amor

Não existem programas maus para se fazer a dois. Quando o amor nos enche o peito e deixa aquela nó no estômago permanente, até contar picos na parede parece um programa interessante. Mas se existe uma coisa que continua juntando muitos casais por aí, é a música.