Tag: Saudade

Tudo passa, menos a saudade

Já lavei as louças, tomei banho demorado, arrumei o armário, fiz bolo de banana, pesquisei sobre brigas felinas no Google, bebi com uns desconhecidos no boteco da esquina e li meio livro. Porém, de nada adiantou: a saudade não passou nem diminuiu. Continua firme e forte. Inabalável. O contrário de todo o resto que, graças ao efeito do tempo, murcha.


Saudades de casa

Depois eu que eu mudei, comemorei intensamente a vitória da liberdade. Aquelas pequenas conquistas anárquicas que aparecem no dia a dia sem a gente perceber, sabe? Beber água direto da garrafa, largar louça na pia pra limpar pela manhã, comer a sobremesa toda de uma vez e outras bobagens que nós comemoramos na doce ilusão de que isso é ser livre. 


Eu amo e odeio a saudade

Num dia em que não a sentia latejar com a mesma intensidade de agora, acabei definindo a saudade assim, ó: é um desconforto gerado pela ausência de uma presença extremamente confortável. Hoje, porém, deslocada entre um relógio parado e o celular que não vibra (não pelo motivo que desejo), sei que a saudade é mais…


Saudade de você

De algum lugar distante, ele pensa. Pensa que poderia haver um teletransporte que o fizesse aparecer ao lado daquela menina. A saudade que entra pela janela como uma brisa incômoda de uma primavera meio gélida, se encontra com o seu rosto e faz piorar a sensação de que a alma esfria.


Que saudades… de mim

Terminar um ciclo, fechar uma história deve ser sempre assim. Não conviver mais com aquela pessoa que por tanto tempo preencheu um enorme espaço em nossa vida é um verdadeiro martírio. Passamos a não saber mais sobre seus hábitos, sobre o seu dia, seus fardos e suas alegrias.


Saudade do que eu nunca vivi

Engraçado ter saudade de você se eu nunca te vi. Eu queria que existisse uma palavra em português que explicasse essa minha angústia. Porque sentir falta do passado que já não volta mais é saudade, mas como eu explico a falta do que nunca aconteceu? Como descrever sua importância nas histórias que nunca vivi?


Uma angústia chamada saudade

Saudade tem cor, cheiro, sabor e se a gente fecha os olhos consegue até sentir a textura do sentimento. Um aperto no peito por pessoas que não são mais presentes, histórias que não permaneceram, sentimentos que se foram, amizades que se mudaram de casa, romances que não vingaram ou amores que nunca existiram.


Não espera ela ir embora

Não espera ela ir embora pra dizer que ela é especial. Conta que você gosta do jeito que ela passa os dedos em sua mão quando está distraída, e que brinca em silêncio de adivinhar as músicas que ela sussurra baixinho quando esquece que você está por perto.


Você vai encontrar uma mulher incrível. E vai perdê-la.

Existem alguns tipos de mulheres que você vai encontrar na vida. Tem aquelas que te fazem enlouquecer por uma noite. Tem aquelas que vão chegar e vão te fazer esquecer todas as outras. Tem também aquelas que você acredita que quer passar a vida toda ao lado delas.


Pra quando você fica, mesmo quando acha que se foi

Vou guardar duas coisas: você e tudo que você me dava. Hoje, trago em mim conversas sem futuro, mas sobre o amor, entende? Aquela ânsia gostosa de acordar de um sonho bom e continuar sonhando de que os travesseiros ali são tuas pernas: ora entre minhas coxas, ora por cima de mim, feito edredon em dia frio.


Só de Mim – O vídeo mais emocionante que você vai ver hoje

“Tu não sabes quem eu sou, mas eu sei quem tu és… e só preciso de um minuto da tua atenção.” É assim que começa este despretensioso, e lindo, vídeo, provavelmente o mais tocante que você vai ver hoje.


Sobre Saudades, Desilusões e Corações Partidos

Ah, a saudade… Há dias em que ela chega, puxa uma cadeira e te faz viajar em um mar de lembranças que te cria a doce ilusão de que você tinha a pessoa perfeita ao seu lado.


Os Anticorpos que o Coração Cria

Uma descarga elétrica, por favor! Meu coração enguiça só de ler o seu nome. Pílulas de autoestima para engolir de oito em oito segundos. Injeções de vergonha na cara. Removam aquelas noites da minha pele no grito, no tapa, na chacoalhada. Belisquem a minha burrice nove vezes, de cabeça pra baixo. Bife cru nos hematomas do meu amor próprio.


Aquela Coisa Chamada Saudade

Nada nesse mundo tem mais toneladas do que a saudade, nada. Saudade é uma dor imensurável e sufocante presente em cada hiato. É sentimento abstrato que esmaga o peito como se fosse concreto. A saudade é a vírgula quilométrica enraizada entre dois pontos, dos muitos textos que a vida infelizmente pausa por falta de prosa e até pelo excesso de rosas.