Tag: Medo

É importante ter medo

Minha avó sempre disse que só morria afogado quem sabia nadar e eu, pirralho leviano, nunca entendi muito bem de onde ela tirava aquela lógica falha dela. Uns tempos depois, comecei a entender o que o tal ditado significava: você só vai entrar no mar se souber o que tá fazendo ali. Se tiver medo, você nem vai se arriscar em entrar.


Para quando o medo chegar

Eu sei que você não vai entender. Não agora. Tem coisas que a gente só entende depois que passam.

E, acredite em mim: passa. Mas até passar parece que não vai passar nunca.

Isso vale como um acalanto despretencioso, mesmo porque autoajuda não funciona e eu não consigo sequer ajudar a mim mesma, para ser franca, mas, em todas as vezes em que senti medo – e não foram poucas – procurei uma leitura que me fizesse sentir um pouco menos desesperada.


Se der medo: ame!

Se o peito apertar, a barriga esfriar ou o coração disparar não se assuste. É o amor pedindo licença para construir um ninho naquele abrigo. Os sentimentos vão se misturar, muitas lágrimas podem escorrer e, acredite, não existe um meio de escapar, uma dor incontrolável chamada saudade vai fazer morada na janela do tempo. Dá um pouco de receio, angustia as certezas e definitivamente bagunça o juízo. Mas, se der medo: ame! 


O que o seu medo de se apaixonar tem tirado de você?

A paixão é para quem suporta a carga psíquica, como diria o poeta contemporâneo. Apaixonar-se é uma escolha – se é que se pode escolher – arriscada. Implica em esperar a aceitação do outro, está ligada ao medo devastador da rejeição.


Se der medo, vai com medo mesmo

Sabe aqueles dias em que você tropeça no tapete ao sair da cama, queima a língua com café, derrama creme dental na camisa, perde o ônibus e, com muita raiva, compreende que nada vai prestar? Então, sem querer ser pessimista, mas as chances de que isso aconteça são bastante grandes.


Em um mundo programado, sentir é um ato revolucionário

Era um fast-food qualquer.

- Temos uma oferta de Big-Cheddar-AVC por apenas 15,90, senhora.

(Só o sorvete, obrigada).


Deixa ele cuidar de você

Quem foi que inventou essa história de ter força inabalável? Deixa ele (a) te fazer um café depois de um dia cansativo de trabalho. Deixa ele (a) se preocupar se você não está com uma cara boa.

Você não precisa estar seguro o tempo inteiro: abaixa essa guarda.


Abaixo ao medo de se apaixonar

Já perdi a conta, mesmo usando os dedos das mãos e dos pés, de quanta gente eu já ouvi dizendo que conheceu alguém incrível, mas que tem medo de se apaixonar. Gente, que isso? A fase da paixão é justamente acabar com todo tipo de dúvida e medo que possa existir!


O que traz dor não é o amor – é a falta dele

Amar é fácil. Muito mais fácil do que muita coisa que você já fez na vida. Mais fácil do que aprender a andar, a falar, a ler, a escrever. Do que conjugar corretamente qualquer verbo irregular. Do que calcular as propriedades de força de um pistão hidráulico


Porque você deveria perder o medo de amar

Todo mundo sabe que medo não é algo voluntário e muito menos racional. Mas também sabemos que pode ser controlado e superado, desde que seja reconhecido, aceito e enfrentado.

Uma vida sem medos é como chocolate sem calorias: utópico e bom somente na teoria,


Por Que Não Faz Sentido Ter Medo De Amar

Ninguém nasce sabendo andar. Dizem que eu, sempre boa entusiasta da mansidão da vida, demorei pelo menos uns quinze meses para começar a cogitar a penosa possibilidade de levantar minha bela bunda cheia de talco e Hipoglós dos aconchegantes colos que me embalavam tão maternalmente.


Sobre A Beleza De Olhar Para O Passado Sem Medo

Reza a lenda que falar de passado é sinônimo de má sorte, que machuca a alma, que faz com que nos esqueçamos de viver o presente. Eu, particularmente, sempre discordei disso.


6 Fatos Para Lidar Com A Dor, Medos, Perdas E Pensamentos Negativos

Dói escrever sobre dor. Dói mais ainda tentar explicar sobre prazeres que são frequentemente sabotados por antigos hábitos que cultivamos por medo de mudanças.


Saí de Fininho – Uma Crônica Sobre o Medo de Ficar

Seu resto jogado no escuro. É isso que deixei após minha partida precoce e minha saída silenciosa. Fiz-lhe um bocado de cafuné, esperei você pegar no sono mais profundo e só fui embora quando seu sorriso leve finalmente chegou, dizendo que seu primeiro sonho havia começado.