Você é linda sim

Diz pra mim: em quantas vezes na vida você se olhou no espelho e gostou realmente do que via? Se isso algum dia aconteceu comigo, foram pouquíssimas vezes. “Ah, é problema de autoestima sua”, você vai dizer. De fato, não discordo.


Ame no presente

Perdoar, entender, aceitar a realidade do outro é uma dádiva. Praticamente um dom que nos permite analisar uma determinada situação com mais clareza e discernimento e abre a portinhola da gaiola que nos mantém reféns de um bocado de incertezas.


Quando você não consegue responder o eu te amo

Você ouve, sente e cala. Não consegue repetir, não consegue responder, não é capaz de articular um “eu também”. E agora? O que fazer com o silêncio que se segue a declaração do outro? Será que tem algo errado com você? Relaxa, tem nada errado não. Está apenas sendo honesto, consigo e com quem está te abrindo o coração.


Quem ama cuida

Quem ama leva aspirina e café preto para aliviar a ressaca, ajuda a atravessar a rodovia e aquele momento difícil, segurando firme na mão. Quem ama não larga o outro sozinho no meio de uma crise, de um momento complicado ou de momento algum. Quem ama procura  se manter por perto, ainda que a geografia coloque distante.


Namore alguém com quem você consiga conversar

Eu li isso em algum momento, como um conselho matrimonial “case-se com alguém com quem você goste de conversar, porque um dia vocês terão apenas isso”. Bem, eu adotei esse conselho para a vida e tenho buscado me relacionar com pessoas cuja conversa seja fácil, cujo papo seja fluído, sem amarras e realmente me faça bem. Em qualquer área do campo afetivo isto é importante, mas num relacionamento, é primordial, afinal, a conversa é sim um grande afrodisíaco.


Paz é quando você se perdoa

A distância entre o que eu sou e o que querem que eu seja é imensa. Tão imensa que nela caberia muita angústia, se eu ainda fosse dada às projeções alheias, mas só o que sinto é uma alegria profunda ter me livrado do peso de precisar corresponder a expectativas que não são minhas.


O sonho dela agora é meu

“Qual é o seu maior sonho?”, perguntei. “Conhecer a aurora boreal”, ela me respondeu. E me mostrou os dentes de um jeitinho que sempre faz florescer um jardim de girassóis em meu interior. Depois disso, comecei a sonhar com a possibilidade de proporcionar um encontro entre ela e a tal da aurora. E só vou sossegar no dia em que conseguir, falo sério.


O amor não é receita de bolo

“Quais atitudes eu devo tomar para mantê-lo sempre interessado em mim?”, “Qual a receita ideal para evitar traições e falta de tesão?”, “Ele mora em um estado e eu em outro, qual é a chance de a nossa relação dar certo?”, “Ele quer ter filhos e eu só desejo cachorros, o que digo para convencê-lo a mudar de ideia?”, “Estou em dúvida entre o ex e o atual, como decidir?”,


O que nunca te contaram sobre o amor e o tempo

Tempo é algo absurdamente relativo. Uma hora parado no trânsito não passa na mesma “velocidade” que uma hora sentado numa mesa de bar jogando conversa fora com os amigos. Quando extrapolamos esse conceito para os relacionamentos podemos assumir que tempo, definitivamente, não é um fator determinante (ou não deveria ser) para se tomar decisões a dois.


Não é relacionamento: o nome disso é prisão

Miga, esse texto é pra você que acha que amor é sinônimo de submissão. Que fecha os olhos para o desrespeito dentro da própria casa, para a voz dois tons acima do que seria normal e para o dedo apontado na cara. Isso não é relacionamento, tampouco chega perto do que deveria ser um sentimento saudável.


Um amor bom não precisa fazer estrondo

Ele não chegou num cavalo branco nem apareceu na porta do meu prédio por engano. Também não teve aquele glamour das apresentações regadas a vinho na casa de amigos ou coisa do tipo. Nada disso. A gente se conheceu num aplicativo de paquera e marcou de comer uma pizza.


Nossa, ele vai se casar de novo!

Um site de fofoca anunciou: “O Fábio Jr. se casará pela sétima vez”. E bastou para começarem a afirmar que ele é sem noção, que a moça (vinte e poucos anos mais nova) só está com ele por causa de dinheiro, que logo o cantor vai se separar de novo etc. Quanta gente falando besteira, não acha? Pois eu acho!


Um amor, sem joguinhos, por favor

Muito antiquada essa coisa de se fazer de difícil. Existe uma diferença enorme entre criar um clima de mistério e certo suspense para apimentar a paquera e ficar de joguinho bobo para ver quem liga para quem primeiro.


Amores tóxicos não me interessam

Aquele amor que te bagunça por dentro, que te faz revirar o mundo de ponta cabeça e esquecer das próprias prioridades. Aquele que te deixa de olhos vermelhos, de humor azedo e de coração ferido. Que te coloca em segundo plano, que não dedica tempo de qualidade, que some sem motivo, que vira o jogo e te deixa carregar sozinho todos os problemas.