Será que o seu namoro já está pronto para o próximo passo?

Relacionamentos são um pouco como videogames, chega um determinado momento em que a maioria das pessoas sente uma vontade natural de mudar de fase. De repente, destruir os mesmos monstros, passear pelas mesmas paisagens e viver os mesmos tipos de desafios não fazem mais sentido na vida a dois e o romance é encorajado a progredir. Bate uma insegurança, um receio do desconhecido, mil questionamentos sobre o futuro e fica a pergunta inquietante: qual o momento ideal para dar o próximo passo?


A verdade sobre o amor

Amor não é aquilo que aparece na novela das nove, no comercial de margarina ou na foto editada da rede social. Não é o que vendem no dia dos namorados, o abrir a porta do carro, muito menos as palavras doces no fim de uma noite qualquer. Isso são detalhes, delicadezas, o combustível para um motor muito mais potente. O amor está naquilo que raramente se vê.


O motivo pelo qual você sofre nas suas relações

Ter relacionamentos lúcidos exige mais maturidade do que a maioria de nós estamos disposta a ter. Encarar as relações como elas são, e não como queremos que elas sejam, nos tira da zona de conforto. Se relacionar é ter um espelho gigantesco na nossa frente que nos mostra o tempo todo nossas qualidades e também aqueles defeitos que detestamos admitir que temos.


Como começa uma história de amor?

Um olhar? Um sorriso? Um esbarrão? Um like? Como começa uma história de amor? O novo app criado pela Converse ajuda casais a contarem sua história e suas histórias. A gente, é claro, não podia deixar de testar!


4 passos pra não deixar seu relacionamento cair na rotina

Como sobreviver às garras do tempo? Começar um namoro é fácil, difícil mesmo é fazer ele durar! Mas a gente te ajuda, aperta o play aí!


Por mais amores cheios de histórias pra contar

Namorar é mesmo criar uma vida à parte com alguém. Uma página paralela do caminho recheado de loucuras que a gente escolheu percorrer. Aquilo que antes era o desatino de uma pessoa só é dividido com outra pessoa que, por simples livre arbítrio, decidiu pela gente deixar um pouco das razões e certezas de lado. Lindo é ter um coração alegre e disposto a escrever um monte de novas histórias para colorir de arco-íris as páginas da nossa travessia. Maravilhoso é o verbo amar.


Com você todo dia é um feliz dia dos namorados

No começo, como você bem sabe, eu não levei o nosso lance a sério. Estava com muito medo de me entregar e, mais uma vez, terminar com o coração estropiado. Só de ouvir a palavra “namoro” eu já sentia uma puta vontade de correr em direção às montanhas. Juro! Porém, o tempo passou… E o meu pavor e a minha indecisão, felizmente, deram lugar a uma bonita certeza: é ao seu lado que desejo permanecer.


Mais amor, por favor!

Mais beijos desavisados, abraços apertados e sorrisos involuntários. Mais gente disposta a amar e menos preocupada em ostentar um status, uma aliança no dedo ou uma simples companhia ao lado. Mais discernimento para se posicionar sempre da forma mais equilibrada possível em qualquer situação. Mais entrega, coragem, paciência e cumplicidade. E, por favor, muito mais amor. Aqui, ali, acolá, em todo lugar.


O seu silêncio me dói

Ontem, por sua causa, eu fui dormir triste.

Se outra tivesse me tratado da maneira que você me tratou – ou muito pior! -, não teria feito a menor diferença. Juro! Nem cócegas. Nada mesmo. Mas você, amor? Você?

De você eu espero muito mais do que espero do resto da população mundial. Mais, até, do que espero do Obama, do próximo álbum dos Rolling Stones e da terceira temporada de Demolidor. De você, amor, eu espero exageradamente, eu sei.


Você tem medo de dizer ‘Eu Te Amo?’

Dizer as três palavrinhas mágicas é praticamente um rito de transição em qualquer relacionamento. Muita gente posterga o máximo possível. Espera ter aquela certeza absoluta que praticamente nunca se tem sobre nada na vida, pondera bastante sobre as prováveis consequências de se expor tão abertamente assim tudo aquilo que se passa em seu coração e, claro, dá um medo danado da reação do outro.


3 dicas pra fazer seu relacionamento à distância dar certo

É muita sacanagem do destino quando você encontra o amor da sua vida – mas ele mora a quilômetros de distância!!! Vamos deixar aqui 3 dicas ESSENCIAIS pra você conseguir hackear a distância e manter uma relação feliz mesmo sem conseguir dormir de conchinha o quando você gostaria.


Não existe distância quando se trata de amor

Relacionamentos à distância podem ser bastante complicados se as duas metades não tiverem a cabeça bem fria, o coração super apaixonado e o corpo cheio de disposição. Se a rotina de viagens apertar a ponto de não valer o esforço, a relação desanda na certa. Para que o casal consiga sustentar com tranquilidade a pressão da saudade, da confiança longe dos olhos e dos milhares de quilômetros de distância é preciso muito amor, mas acima de tudo, coragem.


Se der medo: ame!

Se o peito apertar, a barriga esfriar ou o coração disparar não se assuste. É o amor pedindo licença para construir um ninho naquele abrigo. Os sentimentos vão se misturar, muitas lágrimas podem escorrer e, acredite, não existe um meio de escapar, uma dor incontrolável chamada saudade vai fazer morada na janela do tempo. Dá um pouco de receio, angustia as certezas e definitivamente bagunça o juízo. Mas, se der medo: ame! 


Amar é se permitir mudar junto com o outro

Ninguém muda ninguém. Eu sempre bati nessa tecla. As pessoas quando mudam o fazem sozinhas. Por um descuido do acaso, do tempo, das experiências, pela própria maturidade. Desnecessário dizer que não somos os mesmos de 10 anos atrás. O jovem recém-saído da faculdade cheio de sonhos, a garota que ficava uma semana na fossa porque o cara apareceu com outra ou a pessoa que simplesmente se dava ao luxo de gastar todas as suas economias em compras em baladas sem se importar com o resto do mundo.