Escolha alguém que seja capaz de despir a sua alma

Era verão, era calor, respingos daquilo que poderia ser suor ou amor despencavam dos fios de cabelo de Rafael e Beatriz como se fossem pétalas de um orvalho enternecido que acabara de descobrir a entrega. Despiram-se as blusas, os sapatos, os pudores, deixaram no assoalho contraditoriamente frio,


Quero um amor que seja ele mesmo

Eu nunca quis um amor que fosse tudo que eu sempre quis. Sempre desconfiei de que perderia a graça, como eu poder escolher o final de um livro em vez de deixar que ele me surpreendesse, sabe?

Não entendo essa gente que quer amor por encomenda.


Todos os homens são uns babacas (e porque você não deveria acreditar nisso)

“Todos os homens são uns babacas”. É a primeira coisa que vem a cabeça de grande parte das mulheres depois de uma decepção amorosa, um SMS não respondido, uma ligação para um celular desligado, ou depois daquela sensação incomparável de ver o cara que se está a fim,


Você já mora em mim

Aquela fase covarde na qual eu evitava misturar você à minha vida passou. Foi embora assim que o medo de me entregar por completo se tornou insignificante quando comparado à minha vontade de mergulhar diariamente em seus braços e de, em seu rosto, pregar sorrisos. Evaporou de vez no domingo em que eu, ao invés de inventar uma desculpa furada para sair da sua casa bem cedinho,


Um alguém pra chamar de lar

O quarto dele desarrumado costuma ser mais organizado que o meu. Ele nunca acha nada nas gavetas e não consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo. Desconfio que haja algo mais gostoso do que quando a gente se esparrama pelo sofá e fico fitando aqueles olhinhos pequenos.


O que aconteceu com os relacionamentos leves?

O status do whatsapp dela diz: “Ou você soma, ou você some” e na capa do grupo das amigas a foto do abdômen mais trincado que pode existir. Logo pela manhã ela leu as “10 coisas que um homem para casar precisa ter”, já ele, enquanto perambula pelo “adote um cara”,


Procura-se um amor levinho

O meu tipo de amor é leve, desses que dá pra levar entrelaçado nas mãos sem sentir peso. Nunca fui amor-mochila, pesado, que dói as costas e causa érnia. E pensava que seria fácil encontrar alguém que pensasse assim. Não tem sido.


Você não sabe amar

Para você aprender a falar havia alguém que conversava contigo sem parar. Você emitia uns grunhidos estranhos, uns balbucios misturados com uma melequenta papinha cor de abóbora, e logo juravam que você estava quase dizendo “mamãe, você é a mulher da minha vida!” E, assim mesmo, você praticou com afinco.


Ela quer alguém

Ela não assumiu pra você, mas é claro que ela quer.

Ou você realmente acha que ela sai só pra dançar? Que passa horas em frente ao guarda-roupa e outras no espelho só porque estava com vontade de dançar? De tudo que ela secretamente espera quando te vê e, ao te ver,


Você pode ter transformado o amor da sua vida em tédio

Era Juliana que amava Ricardo, e Ricardo que amava Juliana, até o dia em que o primeiro grande gesto de maleabilidade permitiu que o “eu te amo” inaugural ecoasse vazio e ensurdecedor ali no meio da sala, no meio do filme francês, no meio da incerteza.