Nosso amor se aposentou no auge

Vai dar saudade, eu sei. Saudade que carregará por aí, para todo canto, e que fará com que se sinta presa a um capítulo que já terminou.

Saudade que vai virar desculpa para se sentar num café e, entre xícaras vazias de cappuccino e conversas distantes, tentar descobrir o que deu errado, qualquer miúdo motivo para os tantos planos e “Vamos lá um dia?” que deixamos pela metade.


O que eu imagino sobre o que você não diz

Não sei vocês, mas eu conheço um monte de gente que acredita que todo mundo tem uma bola de cristal dando sopa no criado mudo de casa. É um tal de ter certeza do que o outro está pensando/querendo/fazendo, de imaginar o porque dele não ter atendido o telefone ou ter desmarcado o cinema de sexta ou ainda de ter estado meio distraído no último final de semana.


É amor ou zona de conforto?

Vocês estão há um bocado de tempo juntos, a intimidade é daquelas de misturar família e conta de cartão de crédito. Um completa a piada do outro, um sabe qual o remédio funciona melhor para a enxaqueca do outro e os convites das festas já vem com o nome de ambos, escrito em tinta prata, num único envelope.


Não adianta implorar amor

Amar é uma delícia, mas para o verbo ser completo ele precisa de reciprocidade. Aquela sintonia gostosa que acontece de graça quando a nossa autoestima encontra o livre arbítrio de alguém. Não interessa se o seu sentimento ao longo dos anos só amadureceu, se o gostar cresceu, se o desejo de continuar caminhando lado a lado arde cada vez mais dentro do peito dia após dia.


3 coisas que fazem alguém querer ficar solteiro

Começar um relacionamento pode ser difícil. Só que mais difícil ainda é terminar! Isso pode acontecer por vários motivos, mas vamos te contar 3 que são bem infalíveis. Aperta o play!


O virtual é legal, mas cê já provou o real?

Outro dia, aqui mesmo no Casal Sem Vergonha, eu conheci o Lick, um aplicativo criado para gente que deseja treinar a arte milenar de lamber pepecas. E… Nada contra, juro! Cada um faz o que quer com a língua que tem, não é mesmo?


Para os melhores pais do mundo

Pai é uma figura que vai nascendo aos poucos, ao longo de nove meses, e quando a gente finalmente nasce ele também floresce. Diferente da mãe que vê seu corpo todo se transformando para a chegada de um novo ser, o pai tem que aprender a importância desse novo papel que vai desempenhar.


Tudo o que aprendi antes de te conhecer

Eu descobri que você não estava escondida, que eu não precisava tatear no escuro como quem não enxerga até encontrar você. Porque mesmo com um holofote em suas mãos eu não veria, ainda que sua voz ecoasse em um megafone não me faria ouvir. Eu que sempre esperei pelos sinais, jamais os veria sem aprender o que aprendi antes de te conhecer.


O mundo é um lugar melhor com você feliz

Noutro dia me perguntaram o que eu faria caso um dia a gente terminasse, caso um dia você virasse as costas e fosse embora. Perguntaram também se eu conseguiria te enxergar com outra pessoa sem morrer de raiva, sem roer as unhas, sem me entupir de café o tempo todo pra aliviar a angústia.


O amor que mora dentro da gente

A gente passa boa parte da vida perseguindo o ideal do amor romântico, aquele conto de fadas que mostraram pra gente na TV e no resto do mundo. Nós crescemos e as projeções de príncipes e princesas mudaram um pouco, afinal de contas, o mundo muda, não é? Mas dá-lhe surra de expectativa para achar que a vida é igual a um filmes, dá-lhe construção errada da visão de um relacionamento e, consequentemente, dá-lhe quebrar a cara.


Achar alguém para namorar é fácil

Oito entre dez amigos reclamam que não conseguem namorar. Principalmente em São Paulo, uma cidade movimentada onde todo mundo carrega a cruz do trabalho, onde falta tempo para cultivar pequenos laços cotidianos. Dizem que é difícil encontrar alguém que tope uma coisa séria, guardar um tempinho pro outro, cinema aos finais de semana, sexo selvagem depois do jantar à luz de velas.


Quando me vejo em você

Na semana passada, depois que lhe contei novidades relacionadas ao Clube da Carta, você me presenteou com um sorriso cheio de orgulho e disse: “Da hora”. Hoje de manhã, comportou-se de maneira muito parecida: mandou um sonoro “da hora” enquanto eu lhe falava dos meus planos para o terceiro livro. Sabe o que isso significa, cabeça de Oreo?


Não tenha medo de recomeçar

Eu recomeço algo todos os dias do zero. Seja no trabalho, na vida pessoal, nas relações familiares ou no amor. Quando a coisa toda, os sentimentos ou as pessoas se esgotam o melhor mesmo é dar a volta, fazer o caminho inverso e começar de novo. À primeira vista pode parecer um retrocesso, uma perda de tempo ou um atraso no caminho.


O prazer de fazer nada com você

Quando alguém menciona a palavra rotina a maioria das pessoas vira a cara. Torce o nariz, franze o olhar daquele jeito de quem comeu jiló e não gostou e, claro, logo dá de ombros. O cool do momento é ser criativo, divertido, diferente e estar por dentro de todos os dez passos milagrosos para manter a chama do seu relacionamento acesa que a revista feminina “ensinou”.