• A data do casamento está marcada mas<#break#> não sei se devo me casar. E agora?
  • A chave para achar um amor incrível:<#break#> não se perder de si mesma

A data do casamento está marcada mas não sei se devo me casar. E agora?

Este é mais um post da categoria “Se Eu Fosse Você”. Não sabe do que estamos falando? Entenda aqui.

Prontos para ajudar mais uma alma inquieta no nosso Se Eu Fosse você dessa sexta?


A chave para achar um amor incrível: não se perder de si mesma

Você talvez não saiba disso, mas todo começo contém em si a possibilidade de um novo mundo. O começo de um relacionamento é talvez a parte mais importante dele. E a chave para acertar aqui é só uma: a autoestima.


10 perguntas que a pessoa com a qual você vai se casar precisa saber responder

Pessoas casam e descasam todos os dias, prova de que essa é uma decisão que precisa ser bem pensada. Casar vai muito além de fazer uma grande festa pra família, de comprar um cachorro ou de parcelar um apartamento juntos.


Pesquisa mostra que homens com barba têm vida sexual mais ativa

Esse post é mais um Casal Recomenda, um quadro que acontece toda quarta aqui no site, no qual damos dicas de conteúdos bacanas e inspiradores sobre sexualidade.


Gente vazia cansa

Não me leva a mal, menina, não é que eu sinta falta de você, ou da tua voz, ou do teu abraço. Não é vontade de dormir embriagado com o teu cheiro, com o braço atravessado em tua cintura fina e os pés entrelaçados nos teus.


Mais um Réveillon com você

Tem gente que pede amor, tem gente que pede sucesso, tem gente que pede viagem. Tem gente que pede sorrisos, tem gente que pede aconchegos, tem gente que pede saudade. Mas eu, em busca do que existe de mais belo e simples na humanidade, eu só peço você.


Não espera ele ir embora

Não espera até o carro dele dobrar a esquina pra baixar os olhos e dizer que já era. Não dá pra voltar no tempo e você vai acabar se arrependendo de todas as reuniões e compromissos e horas extras que colocou na frente dele.


4 formas de arruinar um sexo oral nela

Esse é mais um post da sessão Rapidinhas, que toda segunda-feira traz dicas práticas, objetivas e sem mimimi para os leitores inovarem na cama.

Sexo oral é tão endeusado porque é sempre um presente, uma gentileza.


O que podemos aprender com os pelos nas axilas de Grazi Massafera

Escrevo porque diante da folha em branco me dispo de minhas próprias camadas, encontro um espelho da alma desnuda e me sinto livre. E, já que a escrita me liberta, vou escrever sobre um tópico que ainda me aprisiona:


Namoro há 3 anos, mas nunca transamos porque ela tem medo. Como agir?

Este é mais um post da categoria “Se Eu Fosse Você”. Não sabe do que estamos falando? Entenda aqui.

Prontos para mais uma sexta de conselhos?