• Coloca o telefone no mudo e o coração no mundo
  • Coloca o telefone no mudo e o coração no mundo


    Se desconecta um pouco vai, tira os olhos da tela e olha ao redor, olha o mundo, me olha nos olhos. Tem tanta coisa para ler por aqui também, tanto para ver, para falar sobre… Desliga um pouco a música dos fones, ouve meu coração, ouve o barulho das ondas batendo nas pedras, do vento enroscando nosso cabelo, ouve os sons do dia-a-dia. Repara nas cores ao redor, nas nuances de laranja com que o sol tinge o céu, na infinidade de tons de verde e azul que o mar carrega pra lá e pra cá…garanto que isso sua câmera não capta.

    Engraçado que você viva sempre tão distante, mesmo estando aqui do meu lado, eu às vezes falo ao pé do ouvido e você não escuta, mas está sempre a uma mensagem de mim. É uma pena, queria conversar com você, te convidar para curtir comigo, para dançar, correr e por que não? Até voar…

    Vamos dividir uma pizza, um vinho, uma mesa naquela cantina italiana, uma parte da noite e da manhã. Vamos deixar o mundo colocar suas notícias apressadas nas manchetes e as fofocas correrem de mão em mão até distorcerem completamente. Vamos curtir aqui, o que está na nossa linha real do tempo, no nosso agora que é um presente do infinito só para nós. Desses que vem embrulhado, que você precisa cortar o laço e abrir.

    Vem escutar comigo os sons do teu bairro, a risada das crianças no intervalo da escola, o barulho dos carros que tem tanta pressa de chegar a lugar nenhum, do trem que leva gente para longe da gente, mas que traz também e redesenha a saudade na forma de afeto. Vem bater palmas para aquele musico que está tocando no centro, não em troca de moedas, como você imagina, mas sim de atenção do publico. Podemos ir ao teatro, ao samba, ao cinema ou ao sarau que a lua faz toda noite no quintal de casa.

    Tem tanto para fazer, para curti de verdade e compartilhar. Por que limitar suas horas ao formato minúsculo da tecnologia. Olha quanta coisa você está perdendo. Seus amigos estão aí, talvez sua família, seu amor…E você está ignorando, mantendo contato com eles como se estivessem há quilômetros de distância. Abrace eles, jogue conversa fora, sinta o perfume, o tom da voz, o gosto da alegria…Eles não estarão por perto sempre. Não perde este momento.

    Não precisa ter medo não, vem comigo meu bem, desconecta um pouco de tudo e se conecta em mim. Eu sou o que mais precioso você pode encontrar, eu estou além do escuro do seu quarto, além da miúdes da sua janela, eu estou em todos os cantos e sou maior que eles. Eu não sou apenas um status, ou algo que se possa passar adiante, é agora ou nunca. É pegar ou largar. Eu sou o que você mais sonha, eu sou a vida. Que tal me viver hoje!?

    ass-  loui


    " Todos os nossos conteúdos do site Casal Sem Vergonha são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa dos criadores do site, mesmo citando a fonte. "