• Passo a Passo Para  um Sexo Oral Sensacional Nela
  • Passo a Passo Para


    um Sexo Oral Sensacional Nela


    Você não pode dizer que transa bem, se não é capaz de fazer uma mulher gozar deliciosamente somente com a boca. Claro, dedos mágicos também são muito úteis, mas a boca em contato com a parte mais íntima da mulher faz uma fusão dos deuses, ao combinar uma série de texturas e de variações de temperatura e velocidade. Acontece que mesmo nos dias de hoje, quando até as dúvidas mais sinistras podem ser esclarecidas pelo Santo Google, ainda tem homem que não faz ideia do que fazer ao se deparar com um par de pernas abertas. Tem também aqueles homens  que ouviram falar que a função do sexo oral é deixar a mulher molhada, e acham que estão desempenhando um super papel ao deixá-la molhada com a sua saliva. Oi? Quando dizemos que queremos ficar molhadas, estamos falando de dentro pra fora – queremos a lubrificação deliciosa que emerge de dentro da gente ao ficarmos com tesão. Se a questão do molhar fosse de fora pra dentro, a gente mesmo se molhava e dispensava homens ineficientes.

    Se você sabe surpreender uma mulher usando a boca e os dedos, há uma grande chance de ela achar que o sexo foi bom, mesmo que o resto da performance não tenha sido inesquecível. Justamente por ser tão difícil encontrar um homem que entenda a delicadeza e as necessidades de um órgão tão minúsculo e poderoso como o clitóris (e que existe única e exclusivamente para gerar prazer), o homem que brilha nesse quesito ganha muitos pontos extras. É aquela velha história: se o homem soubesse a importância de um sexo oral bem feito, ele passaria menos horas na academia e mais horas treinando como chupar uma mulher.

    Para orientar aqueles que enxergam a importância de uma boa chupada, mas que se sentem perdidos diante de tamanha complexidade, reunimos aqui algumas dicas preciosas que podem ser o começo do desenvolvimento de uma série de habilidades orais  -  não existem regras no sexo, mas algumas guidelines podem ser o início do despertar dos seus sentidos nessa área. Anote-as no seu caderninho, imprima, cole na parede. Faça um bom proveito.

    - Quando a mulher ainda não está excitada, o clitóris nada mais é do que um pequeno órgão adormecido. Tocá-lo ou friccioná-lo assim vai gerar desconforto. Assim que ela começa a ficar com tesão, ele vai se enchendo de sangue e ficando deliciosamente sensível aos estímulos. Ou seja, o ciltóris é a cereja do bolo, então jamais comece por ele. Dê longos beijos na boca, pegue nos seios, lamba-os. Vá descendo pelo corpo dela descobrindo pontos escondidos que podem fazê-la aquecer. Nunca subestime as variadas zonas erógenas femininas.

    - Depois de uns bons beijos no corpo dela, vá com sua mão por dentro da calcinha como quem não quer nada, e verifique se ela já começa a demonstrar sinais de lubrificação. Se ela estiver totalmente seca, sinal que ela não foi bem aquecida – volte para o primeiro item. Lembre-se: o homem é forno à gás, mulher é forno à lenha.

    - Se você percebeu que ela já está molhada só com as pegadas iniciais, agora é a hora esperada. Vá dando beijos e lambidas nas coxas, na virilha, até chegar nos grande lábios (sim, aqueles externos.) Passe a língua por dentro e por fora deles, sem tocar no clitóris, até que a moça comece a se contorcer e soltar os primeiros gemidos de prazer. Esse é o sinal verde para o próximo passo.

    - Passe para os pequenos lábios (aqueles na parte interna). Faça movimentos de cima pra baixo, por enquanto suaves. Alterne com movimentos laterais. Brinque como quiser até perceber que a moça quer mais.

    - Não existe tempo certo, mas até aqui espera-se que você tenha demorado pelo menos uns 20 minutos desde os primeiros amassos. Pode variar pra mais ou pra menos, mas se você fica pouco tempo demais em cada etapa, entra naquela questão da moça ainda não estar no ponto. Curta o processo. Sua mãe já dizia que a pressa é a inimiga da perfeição.

    - Agora é a hora tão esperada – a estimulação no clitóris. Espera-se que nesse ponto o clitóris dela já esteja levemente inchado. Se concentre nele com a língua relaxada e macia, faça movimentos circulares  em volta dele, lento, sem pressa. Alterne com movimentos para cima e para baixo. Funciona mais ou menos como um beijo molhado.

    - Por mais que você possa não saber, aquilo que você vê é só a pontinha do clitóris – ele é um órgão muito maior que se estende bastante por dentro do corpo da mulher. Por isso, quando ela já estiver bastante excitada, passe a língua no clitóris como se tentasse tirá-lo delicadamente do capuz que o protege. É uma sensação muito prazerosa, mas que exige muita delicadeza. Vá com jeitinho.

    - Teste a técnica do oito – horizontalmente, faça o desenho de um 8, sendo que o centro dele fica no clitóris da mulher. Repita esse movimento algumas vezes. Se ela gostar, fique mais tempo nele.

    - Aqui espera-se que a mulher já esteja bastante excitada, o que significa que você deve aumentar a velocidade e a pressão. A melhor forma de saber se ela está gostando é através da observação – o bom chupador é aquele que brilha na performance justamente porque é um bom observador. Teste uma variação de movimentos e quando perceber que ela adora um deles, permaneça por um tempo com uma certa pressão. Vá fazendo isso com diversos tipos de movimentos.

    - Essa é uma hora interessante de usar o poder dos seus dedos. Tem mulher que ama, tem outras que não curtem. Na dúvida, melhor perguntar ou testar as reações dela. Se você fez tudo certo até agora, ela estará bem molhada, então seu dedo entrará nela com a maior facilidade. Comece introduzindo a pontinha do indicador, tire, coloque. Se ela estiver gostando, ela mesmo vai se movimentar de uma forma que seu dedo entre todo nela. Esse é o sinal que ela quer ser penetrada por ele. Trabalhe com os dedos, mas não pare os movimentos da língua. Faça movimento em formato do 8 com o dedo dentro dela, e alterne com um movimento como se estivesse chamando alguém com a ponta do indicador (aquele do “Venha aqui!).

    - A segunda utilidade dos deus dedos é no lado B. Tem mulheres que amam ser penetradas com um dedo na parte traseira quando estão sendo chupadas. Muitas delas gozam instantes depois. Aqui mais uma vez, melhor perguntar se ela gosta ou ir testando com cuidado e observando suas reações. Se ela der sinal verde, coloque a ponta do dedo indicador, tire, coloque, e vá – aos poucos – colocando o dedo mais profundamente enquanto ela se abre pra você.

    - Se ela ainda não gozou, misture todas as técnicas ensinadas, agora com mais pressão e velocidade – já que ela está mais do que aquecida. Fique em média de 10 a 20 segundos em cada movimento até que ela finalmente goze – deliciosamente -  na sua boca.

    - Homem que é homem de verdade, jamais desiste de um oral antes de fazer a sua mulher gozar. Como as mulheres são deusas e têm capacidade de gozar quantas vezes quiserem, se certifique de ir para a penetração somente quando ela tiver gozado pelo menos uma vez com o sexo oral, não importa quanto tempo ela demore. Depois disso, se prepare para as recompensas.