• Descobri a Senha do Facebook Dele.  Fuço ou não Fuço?
  • Descobri a Senha do Facebook Dele.


    Fuço ou não Fuço?


    Esse é um espaço para tirar todas aquelas dúvidas sobre sexo que você sempre quis saber, mas não tinha pra quem perguntar. Mande sua pergunta para [email protected] com o assunto Tira Dúvidas.

    Casal,

    Descobri a senha do Facebook do meu namorado, e estou morrendo de vontade de entrar para fuçar a vida dele e ver se ele anda conversando com outras mulheres. Isso é errado? 

    Leitora Anônima

    Querida Leitora Anônima,

    Imagino mesmo que seus dedinhos devem estar coçando para ir no Facebook do seu amado e descobrir tudo o que ele te falado e – mais importante – com quem ele tem falado fora da timeline pública. Mas vou ter que cortar seu barato – controle-se, mulher. Lembra daquela história do “não faça com o outro o que não quer que ele faça com você?”. Pois é. Ela é uma das regras essenciais da vida harmônica.

    Acredito que sua pergunta traga questões muito mais completas do que somente uma pequena desconfiança sobre os movimentos dele na internet. Isso provavelmente é só a pontinha do ice-berg, que demonstra que uma das pilares do seu relacionamento não está bem firmada – a confiança. Sem ela, minha querida, nada fica de pé. A casa pode até segurar um tempo, mas com as chuvas e ventanias naturais que a irão atingir, ela não conseguirá se manter firme sem esse pilar, não importa o quanto vocês a tentem segurar de pé com o esforço dos seus frágeis corpinhos.

    Há quem diga que o ciúme é o perfume do amor.  Eu acho que isso não passa de uma desculpa dos oportunistas e dos egocêntricos. O amor têm vários perfumes deliciosos: carinho, companheirismo, parceria, respeito, cuidado, tesão e afins, mas o ciúme não entra nessa lista . Quem acredita que o ciúme faz parte do amor, não está entendendo muito bem os conceitos. Porque, na realidade, aquele ciúme que você sempre achou que ele demonstrava como forma de amor, não passava de uma demonstração de ego ferido.

    não conseguimos lidar bem com o fato que podemos não ser mais a parte central da vida de uma pessoa. Temos medo de ter que enfrentar a realidade de que o outro pode ser feliz sem a gente. Ficamos apavorados de pensar que o outro pode, sim, encontrar alguém melhor que a gente. E então controlamos, manipulamos, surtamos. Damos corda pro ciúme e ficamos paranóicos. Enxergamos fatos onde eles não existem.

    E para controlá-lo, existe uma coisa que você precisa entender de vez por todas: NÃO É POSSÍVEL PERDER ALGO QUE NÃO POSSUÍMOS. A pessoa que você ama e que você acredita ter posse, pode sim te amar hoje mas amanhã se apaixonar loucamente pela gerente do banco. Ou ele pode bater o carro e de repente sentir uma atração louca pela pessoa do outro carro e decidir que precisa viver aquela paixão. Exemplos improváveis como esses podem acontecer com você também. E aí, não há promessa, aliança ou contrato que segure.

    Como fazer então pra cuidar do relacionamento e evitar que ele acabe? A primeira coisa, é sempre estabelecer acordos. Assim que assumir um relacionamento, estabeleça a condição da honestidade – é preciso poder falar sobre qualquer coisa que influencie direta ou indiretamente o outro. Fale tudo o que você gostaria de saber se estivesse do outro lado, assim a pessoa também fica confortável pra falar. E se a pessoa for desonesta com você – com a única pessoa do mundo com que escolheu estabelecer uma relação de amor – paciência. Podemos controlar nossas ações e nossa consciência. Se ele pisou na bola, é ele que estará sendo o babaca da vez.

    A segunda coisa que você precisa fazer é: usar energia que gastava se preocupando em controlá-lo, em fuçar no celular, em pesquisar no Facebook, pra deixar seu relacionamento cada dia melhor. É preciso cuidar, manter a relação com aquele nível de felicidade do começo – é claro que toda relação vai mudando com tempo, mas vocês precisam estar com a felicidade intacta. A máxima de que “é preciso se re-apaixonar todos os dias” é uma verdade incontestável e um desafio que não acaba nunca.

    Por isso, desencane da senha dele que não te pertence e use o tempo que gastaria pensando nisso para cuidar do seu relacionamento e deixá-lo mais forte a cada dia. Sem esse esforço, com senha ou sem senha, nada fará com que ele dure por muito tempo.

    Boa sorte!