• Quando a safadeza é mais importante  do que a penetração
  • Quando a safadeza é mais importante


    do que a penetração


    Os homens ainda não encontraram a localização do ponto G nas mulheres, mas vamos desvendar esse mistério milenar de uma vez por todas: o ponto G está localizado no cérebro. É óbvio que existe uma região lá embaixo que tem mais sensibilidade, mas se a mulher não estiver excitada, o máximo que o homem vai conseguir provocar é aflição ou alguns arrepios de leve.

    Todo o homem treina sua adolescência inteira para ser um metedor, se inspirando nas britadeiras dos  filmes pornôs, que penetram sem parar. Esse referencial está até hoje na cabeça da maioria dos homens, que costumam associar que o prazer da mulher está diretamente ligado a quantas metidas por minuto ela recebe. Essa é uma das razões pelas quais eles não se esforçam quando fazem sexo oral e não investem seu tempo em realizar fantasias sexuais da mulher.

    O fato é que nossos órgãos genitais só nos ajudam no processo para chegar ao orgasmo, mas as grandes responsáveis por ele são nossas mentes. O que pensamos, o que vemos e o que sentimos na hora H é o que nos dá tesão. Basta observar os homens, que quando têm problema grande que não sai de sua cabeça, geralmente têm dificuldades de levantar vôo, por mais que a mulher se esforce.

    Já quando a transa é ornada de uma fantasia sexual – como por exemplo transar em um lugar público – os orgasmos são conquistados em menos tempo e com mais intensidade, sem precisar necessariamente de muitas penetrações. Já ouvi mulheres jurarem que gozaram apenas fazendo um boquete. Isso mesmo, minha gente – um boquete. Isso prova que há outras coisas muito mais importantes do que ligar a britadeira - as palavras picantes ao pé do ouvido,  a boca que desliza sobre o corpo nú,  as olhadas nos olhos com desejo,  as fantasias sexuais não realizadas,  os olhos vendados por um pano,  as mãos amarradas ao pé da cama e as empinadas de bunda hipnotizantes. Isso sim é tesão.

    E olhando por esse lado, o tamanho do pau nem importa mais tanto, a celulite se torna apenas um detalhe e a calcinha sexy só serve mesmo para ser arrancada. Vira-se o jogo. Quando entende-se o poder da safadeza, os métodos que passamos a vida toda treinando, parecem apenas regras teóricas perdidas num manual.  E é aí que a gente entende a famosa frase – Sexo sujo? Só se for bem feito.